O comércio de smartphones já atingiu a espantosa marca de 13 milhões de unidades vendidas ao longo do segundo semestre de 2014, número que ampliou 22% em relação aos seis últimos meses de 2013.

E cada vez mais surgem smartphones com mais funcionalidades, cores e aparatos, o que encarece muito algumas linhas desses equipamentos. Por isso é essencial e muito útil saber algumas medidas que possam conservar o seu celular novo por mais tempo! Quer saber algumas dicas? Acompanhe com a gente!

Tente não usar o aparelho no banheiro

Se você realizar chamadas telefônicas ou mexer em aplicativos enquanto estiver no banheiro, mesmo que seja em sua residência, você está correndo um sério risco de danificar o celular, pois está colocando-o em um ambiente que possui um contato com a água maior e mais umidade.

Uma das histórias mais comuns de perda é a queda do aparelho no vaso sanitário ou avarias por conta da água que sai da torneira e, por descuido do usuário, molha o smartphone.

O vapor d’água que se forma nos banhos quentes também pode prejudicar o aparelho, corroendo-se e oxidando os circuitos internos.

Não deixe o smartphone passar por mudanças bruscas de temperatura

Lugares extremamente quentes ou muito frios podem não somente depreciar a performance da bateria do aparelho, mas também danificar alguns componentes internos. Prefira manter o smartphone em temperaturas que variem entre os 12º C e 35º C, no máximo.

Mantenha o seu aparelho sempre limpo, livre de sujeiras

As sujeiras mais grossas ou agressivas podem acarretar algumas ranhuras no seu aparelho. No entanto, as poeiras mais finas podem se acumular nas paredes do telefone e até penetrar em suas frestas, de modo a danificar os sistemas eletrônicos internos. Procure limpá-lo constantemente e adequadamente.

Não use água para limpá-lo

Além das sujeiras comuns do dia a dia, os celulares acabam juntando bactérias por causa do contato com várias superfícies, manuseio constante e proximidade da boca humana.

Algumas pesquisas recentes inclusive indicam que o smartphone mostrou mais bactérias do que tampas de sanitários e maçanetas de portas. Portanto, uma limpeza semanal não faria mal a ninguém. Só não se deve usar água. Deve-se desligar o aparelho e usar um pano seco de microfibra, sendo possível umedecer o tecido, caso a sujidade esteja muito difícil de remover, em uma solução de álcool 70%, facilmente encontrado em farmácias.

Faça movimentos circulares e limpe apenas a parte externa, nunca os contatos eletrônicos internos.

Deixe o aparelho sozinho no bolso (ou na bolsa)

Se você levar no seu bolso, junto com o smartphone, chaves, moedas e outros objetos sólidos, vai aumentar consideravelmente as chances de riscar o aparelho e até rachar a tela.

Procure andar com o celular solitariamente em seu bolso ou em um compartimento exclusivo para ele na bolsa, mochila ou carteira.

Muitas mulheres costumam jogar tudo misturado em suas bolsas, por isso jamais deixe o smartphone junto de frascos com líquidos contendo perfumes, maquiagens, óleos ou filtro solar, por exemplo.

Se você conservar bem seu smartphone, só vai perdê-lo quando quiser trocar de aparelho por um novo.

E você, conhece outras dicas para manter seu celular novo por mais tempo e impedir que ele estrague rapidamente? Escreva nos comentários!