A cada ano, a Apple lança uma linha nova de iPhone que preenche as prateleiras das lojas e conquista diversos usuários. Só que trocar sempre de celular não é uma opção muito econômica, especialmente para aqueles com orçamento limitado e, por isso, a compra de um aparelho usado se mostra uma alternativa bastante viável.

No entanto, é preciso ter atenção a alguns detalhes quando for comprar um iPhone usado. É necessário ficar de olho no estado de conservação do dispositivo como um todo, além de testar algumas de suas principais funções para se certificar de que tudo está funcionando corretamente.

Veja também: iPhone 6 em oferta na Trocafone

O que saber antes de comprar um iPhone usado? 7 itens para avaliar antes de comprar:

Desbloqueio do iCloud

Como medida de segurança, a Apple mantém o iPhone bloqueado para novas contas do iTunes até que o antigo dono faça o log out do seu iCloud. Isto tem que ser feito por ele, já que requer a sua senha.

Cuidado: caso o vendedor diga que não se lembra da senha e que não é necessário, não compre o aparelho. Ele pode ter sido roubado e você não vai poder ter acesso ao celular.

A função “Buscar meu iPhone” também precisa estar desativada para que o novo usuário possa utilizar o celular.

Garantia

Dependendo do período da garantia do aparelho, pode ser que não dê para aproveitá-la após comprar um celular usado. No entanto, é uma informação básica que você deve pedir quando estiver comprando o seu dispositivo. Além disso, é essencial saber se ele já passou alguma vez pela assistência técnica e se possui problemas que são ou não cobertos pela garantia.

Qualidade do display

O display de um smartphone é a sua parte mais utilizada, afinal de contas é onde interagimos com os elementos da tela. Portanto, é muito importante considerar a integridade do display do usado que vai adquirir.

Em uma simples queda a tela pode ficar comprometida, mas em muitos casos ela permanece com plenas capacidades de uso mesmo depois de muito tempo. Então, certifique-se de que todos os pontos da tela respondem aos estímulos.

IMEI

Todo celular possui um número identificador único que independe do chip e da linha. Ele é o melhor caminho para determinar se o aparelho é roubado ou não. Em geral, quando um dispositivo é furtado, o dono deve requisitar a entrada do IMEI em uma lista negra de aparelhos roubados. Por isso, consulte se o IMEI do celular que você está adquirindo consta ou não nesta lista.

Vida útil da bateria

Em geral, considera-se que o tempo de vida do próprio smartphone é um índice forte para determinar a qualidade da bateria. Assim, informe-se sobre quando ele foi adquirido originalmente para se ter uma ideia de quanto tempo está em utilização desde a sua fabricação.

Funções básicas

Por mais que o iPhone usado que você está comprando aparente não ter problemas, é preciso testar algumas de suas funções para ter certeza. Uma delas é a receptividade de sinal, que pode estar prejudicada depois de mau uso. Teste também o acelerômetro ao abrir rapidamente o aplicativo Bússola. Aproveite para conferir se o GPS está funcionando corretamente ao acessar o app Mapas.

Sinais de danos por água

Quando um iPhone entra em contato com líquido ao ponto de ter a sua integridade comprometida, alguns sinais acabam ficando para trás. É possível se certificar disso ao verificar a entrada de fones de ouvido. Caso o interior esteja branco, significa que o iPhone nunca molhou. Caso ele esteja nas cores vermelha ou apenas rosa, é um forte sinal de que o celular já teve contato com água e pode ter algumas de suas funções comprometidas.

Vale a pena comprar um iPhone usado?

É claro, mas evite os riscos de comprar um iPhone usado de qualquer um. Agora que você já viu o que saber antes de comprar um iPhone usado, aproveite para visitar a Trocafone, onde você tem um ambiente seguro para adquirir o aparelho que quiser com um bom preço e qualidade. Lá você tem a certeza de estar levando um produto que foi testado e teve sua qualidade certificada pela equipe. Acesse o site e inscreva-se no blog!