Anunciado no início do segundo semestre de 2015, o Moto X Play é um dos três lançamentos da Motorola do ano. Com foco na autonomia, o aparelho possui uma bateria com incríveis 3.630 mAh. Ele custa menos que o seu irmão mais luxuoso, o Moto X Style e, segundo a fabricante, pode ficar até 48 horas longe da tomada.

Quer conhecer um pouco mais sobre esse incrível smartphone com Android Lolipop? Leia o nosso texto de hoje!

Longa bateria, baixo preço

O Moto X Play não possui como único diferencial a grande bateria com 3.630 mAh. Com uma tela de 5,5 polegadas com resolução de 1920×1080 pixels, um processador octa-core Snapdragon 615 de 1,7 GHz e 2 GB de RAM, esse é um dispositivo de respeito.

Além disso, completam o conjunto a conectividade 4G e o conjunto de câmeras de alta resolução (traseira, com 21 MP e frontal, com 5 MP). O modelo vendido no Brasil teve preço de lançamento sugerido de R$ 1.499,00 (mas que já abaixou na maioria das lojas).

Ele conta com suporte para dois chips e o carregador TurboPower 15. Para armazenar fotos e músicas, o aparelho conta com 32 GB de armazenamento interno e entrada para cartões microSD.

Tamanho

Esse é um aparelho grande. Ainda que a Motorola tenha diminuído as bordas ao máximo, ele se destacará entre os dispositivos da concorrência.

Entretanto, com a manutenção da curvatura na traseira, a boa pegada foi mantida. O sensor traseiro, com resolução de 21 megapixels, é um dos melhores já feitos pela fabricante americana. Ele possui lente com abertura f/2,0 e capacidade para filmar em Full HD.

Além de uma grande bateria, o Moto X Play possui, também, um carregador de alta velocidade. O TurboPower 15 é capaz de recarregar todo o aparelho em pouco mais de uma hora. Com uso moderado, chegar a dois dias sem precisar recorrer a uma tomada é uma tarefa trivial.

Hardware

Em termos de hardware, esse dispositivo pode deixar um pouco a desejar para quem está saindo do Moto X de segunda geração. A nova GPU Adreno 405 e o processador Snapdragon 615 octacore (com 4 núcleos Cortex-A53 de 1,7 GHz e outros 4 Cortez-A53 de 1,0 GHz) oferece um desempenho satisfatório, mas inferior ao da última geração. Isso permite que a bateria dure o tempo prometido (mas sem comprometer drasticamente a capacidade de processamento do smartphone).

Avanços e retrocesso

O Moto X Play é um dos novos dispositivos da Motorola para quem não gosta de ficar procurando uma tomada várias vezes ao dia para recarregar o próprio telefone. A sua bateria de alta capacidade permite que o smartphone Android fique até dois dias longe da tomada tranquilamente.

Por outro lado, ainda que a câmera seja superior às das últimas gerações, o novo Moto X possui alguns detalhes a serem levados em consideração pelo comprador. O seu desempenho, por exemplo, é um pouco inferior quando comparado com o Moto X de segunda geração.

Além disso, o acabamento da nova geração abusa dos plásticos em detrimento das peças metálicas das versões mais antigas. Se você é uma pessoa que adora tirar fotos e ficar conectado o dia inteiro, esse é o telefone ideal para você. O novo Moto X Play resolve problemas das gerações antigas e adiciona mais energia para os usuários do Android.

O que acha dos novos telefones da Motorola? Compartilhe a sua opinião!