O Brasil é o quarto país do mundo em número de smartphones, com mais de 70 milhões de aparelhos vendidos. Com um número tão expressivo de dispositivos móveis, começa-se a desenhar uma nova tendência no mercado, a compra e venda de tablets e smartphones usados por meio de plataformas especializadas, que controlam, inclusive, a qualidade dos mobiles vendidos.
Entretanto, alguns detalhes devem ser considerados antes da compra, especialmente a longevidade do smartphone. Confira algumas dicas que separamos para você!

Longevidade da bateria

Antes de fechar negócio, é importante se atentar ao tipo de bateria utilizada no aparelho. Os aparelhos mais antigos utilizavam baterias de níquel-cádmio que, quando carregada acima do seu ponto ideal, gerava uma diferença de carga, reduzindo sensivelmente sua vida útil.

Na busca da solução desse problema, os novos dispositivos móveis passaram a fazer uso de baterias de lítio e de níquel-hidreto-metálico, as quais não possuem o chamado “efeito memória” e, portanto, possuem longevidade até 80% superior aos modelos anteriores.

Longevidade do aparelho

A longevidade do smartphone depende de inúmeros fatores conjugados, que passam pelo modelo e marca escolhidos, além dos cuidados adotados pelo antigo dono:

Observe amassados e desníveis no celular

Muito cuidado, por exemplo, com aparelhos amassados. Enquanto o risco, a princípio, não sugere grandes perigos à vida útil do aparelho, desalinhamentos na superfície do smartphone indicam que o celular já sofreu quedas, o que pode ter comprometido o funcionamento do hardware.

Pode ser que tenha havido também o descolamento de peças internas, reduzindo consideravelmente a vida útil do sistema.

Pesquise se o gadget já visitou a assistência técnica

Ao retirar a tampa do mobile, é possível visualizar um lacre na parte fixa do dispositivo. Se houver qualquer vestígio de violação, tenha a certeza de que o smartphone já tem histórico de problemas técnicos.

Atente-se ao modelo escolhido

Outro ponto de longevidade a ser observado depende do modelo do aparelho a ser adquirido. Aqui, leva vantagem os modelos da Apple.

Uma pesquisa recente revelou que a vida útil dos iPhones podem chegar até ao dobro da durabilidade dos concorrentes que utilizam sistema operacional Android. Isso se dá, sobretudo, porque os modelos da Apple costumam se manter atualizados por até 4 anos.

Compra e venda de smartphones usados e responsabilidade ambiental

Além do preço, o senso de responsabilidade ambiental é uma ótima razão para apostar na compra e venda de aparelhos usados, tendo em vista que o descarte desses dispositivos não é tão simples e a presença de altos teores de metais pesados como mercúrio, chumbo e cádmio nesses aparelhos pode ser extremamente danosa ao meio ambiente.

Os dispositivos móveis revolucionaram a vida de pessoas e empresas, repaginando o conceito de conectividade e interação pela web. Se antes dependíamos de um local fixo e de uma máquina enorme para estar online, hoje isso é possível 24 horas por dia apenas utilizando os smartphones.

Por isso, a velocidade dos lançamentos de novos aparelhos e a inovação tecnológica constante são dois fatores que justificam a utilidade em apostar na compra de smartphones usados!

Consulte nosso site: https://www.trocafone.com/ e faça um bom negócio com garantia e qualidade!