Sabemos que adquirir um smartphone com tecnologia de ponta e design de última geração, como o iPhone 6 ou o Galaxy S6, é preciso desembolsar uma alta quantia de dinheiro. É por isso que adquirir um celular seminovo é uma ótima solução para ter acesso a esses gadgets de sucesso, por um preço bem mais amigável.

Entretanto, antes comprar o aparelho usado, você deve ficar de olho em algumas questões, como a sua aparência, algumas funcionalidades e a sua idade. Para que você faça um bom negócio, listamos no post de hoje alguns itens que você precisa checar a fim de verificar se o celular não é muito velho e se está em ótimas condições de uso. Confira!

Aparência

Examine todo aparelho e veja se não há danificações na parte externa. Isso pode parecer óbvio, mas muitas pessoas acabam relevando pequenos estragos no aparelho em troca de um desconto maior. O problema é que certas danificações, como rachadura na tela ou mesmo um amassado na parte detrás, podem comprometer a experiência e diminuir muito a vida útil do celular. Por isso, se o estrago for muito grande, pense duas vezes.

Importante: não esqueça de verifica e testar a lente da câmera. Por ser pequena, defeitos no local podem passar desapercebidos.

Veja também: Compre seu celular seminovo na Trocafone com 3 meses de garantia em até 12x s/ juros.

Verifique o sistema operacional

Quando os aparelhos ficam defasados, o hardware passa a não suportar novas atualizações do sistema operacional. Isso é muito comum, por exemplo, em aparelhos celulares da Apple.

Por isso, quando estiver pesquisando por um aparelho usado, veja qual o sistema que ele usa e verifique se ele é capaz de receber novas atualizações. Caso contrário, pense duas vezes antes de fechar negócio.

Confira as especificações técnicas

Antes de adquirir um celular usado, veja se as especificações técnicas dele são apropriadas para seu uso. A série Nokia Lumia, por exemplo, dispõe de diversos aparelhos com capacidades distantes e com aparências similares. Isso pode confundi-lo na hora da compra.

Para evitar essa situação, pesquise, assista a vídeos e leia reviews antes de tomar a decisão final.

Exija a nota fiscal

Pergunte ao vendedor se o aparelho tem a nota fiscal. Caso ele diga que não tem, sugira que ele tire uma segunda via na loja, online ou física, onde ele comprou.

Peça também por aparelhos originais, como carregador, fone de ouvido e outros acessórios. Dessa forma, além de garantir que o aparelho não seja roubado.

Verifique se o aparelho é destravado

Imagine comprar um telefone e na hora de colocar o seu chip você descobre que ele é travado e não funciona com o cartão de sua operadora? Com certeza essa não é uma experiência boa e, para evitá-la, certifique-se de que o smartphone seja destravado.

Afinal, como saber a idade do aparelho?

Alguns dos itens citados acima dão uma ideia de que período o celular foi produzido. Se o aparelho tiver nota (não se esqueça de comparar o número de série do documento com o do celular para garantir a originalidade) esta questão é facilmente resolvida. Se esse não for o caso, o sistema operacional, as informações e o estado do aparelho vão indicar se ele é muito velho para o uso.

E agora, já se sente mais seguro para comprar um smartphone usado? Consulte nosso site Trocafone e veja ótimas ofertas de modelos diferenciados — toda a negociação pode ser feita de modo rápido, fácil e o melhor: confiável. Aproveite!