A guerra digital entre a Apple e a Samsung chegou a um novo patamar com a entrada de um novo participante nesta briga: o smartwatch. Lançado há a algum tempo, o Samsung Gear ganhou um grande concorrente, o Apple Watch.
Como são duas tecnologias muito recentes, é normal os usuários desconhecerem as vantagens e desvantagens de cada aparelho e ficarem em dúvida sobre qual comprar. Mas estamos aqui para isso!

Neste post vamos fazer um comparativo entre os dois relógios inteligentes e mostrar os prós e os contras dos equipamentos das duas empresas. Confira:

Sistema Operacional

Nesse quesito a Samsung realmente saiu na frente, porém tropeçou bastante durante esse percurso. O Gear já existe há mais de dois anos, mas foi criado um sistema operacional especialmente para ele, o Tizen.

Contudo, a empresa não obteve sucesso ao adaptá-lo para um relógio de pulso, que inclusive conta com um teclado – pasmem, é isso mesmo –, e diversos problemas surgiram, tanto que a Samsung teve que lançar uma nova versão, o Gear Live, com o sistema Android Wear para corrigir seus defeitos.

Enquanto isso, o Apple Watch funciona com seu sistema nativo bastante funcional e muito semelhante ao do iPhone.

Conectividade

Ambos os relógios inteligentes permitem que seus usuários façam ligações, mandem mensagens de SMS, recebam e-mails e notificações. Os dois também são equipados com conexão Wi-Fi, Bluetooth e GPS, proporcionando uma conectividade parecida ao dos smartphones.

Aplicativos

Nesse quesito eles também são muito semelhantes e apresentam funcionalidades praticamente iguais, como enviar mensagens, receber notificações, mapas de localização, player de música, comando de voz e configuração de calendário, por exemplo.

Auxiliar Pessoal

Assim como nas demais plataformas, a Siri e o Google Now duelam para oferecer a melhor experiência aos seus usuários e ajudá-los o quanto possível. Os dois são muito bons e as diferenças são mínimas entre eles, mas o Android Wear possui uma gama maior de gadgets disponíveis.

Design e Estilo

Essa característica marca uma das principais diferenças entre os dois acessórios. A Apple apresentou três modelos: Apple Watch, em aço inoxidável, Apple Watch Sports, em alumínio prateado, e o Apple Watch Edition, revestido de ouro 18 quilates. Contudo, eles têm vários modelos de pulseiras, que podem ser substituídas de acordo com a vontade de seu usuário, dando um toque muito mais personalizado ao relógio.

Já o Gear possui poucas opções de cores para personalização – preto e vinho –, mas conta com um design bonito, moderno e atraente.

Saúde e bem-estar

Os dois aparelhos também prezam bastante pela vida saudável de seus usuários, sejam eles atletas de alto rendimento ou praticantes comuns de atividades físicas. Isso porque ambos têm aplicativos voltados para cuidar e acompanhar a saúde de seus usuários, pois medem batimentos cardíacos, velocidade, trajeto e inclinação durante a corrida, ou a quantidade de exposição aos raios solares, por exemplo, e até avisam seus proprietários quando tempo estão sem fazer exercícios.

Preço e disponibilidade

Apesar de muito semelhantes, esses dois fatores podem ser decisivos para a escolha desses aparelhos, sobretudo em tempos de cotação do dólar nas alturas. A Samsung já disponibiliza seu relógio inteligente aqui no Brasil por US$ 199,99.

Contudo, a Apple ainda não tem previsão de lançamento de seu “watch” por aqui. Mas o preço inicial da versão mais básica já está definido: US$ 349.

Ambos smartwatches são muito bons, principalmente no que diz respeito ao monitoramento constante da vida de seus usuários. O que os difere bastante são seus sistemas operacionais, as possibilidades de personalização e a diferença de preço entre eles.

E você leitor, já experimentou algum deles? Qual seu preferido? Deixe seu comentário e conte suas expectativas para nós. Até a próxima!