Viver de forma sustentável significa sempre dar os melhores fins a todo tipo de lixo ou material descartado. Quando falamos de tratar da melhor forma o lixo, o assunto sempre caminha para o âmbito da reciclagem, especificando as melhores maneiras de reaproveitar vários materiais.

No entanto, raramente a discussão contempla os eletrônicos. Eles estão massivamente presentes no nosso dia a dia, e cada vez mais a tecnologia evolui de forma tão veloz que estamos sempre substituindo nossos gadgets. E para onde vão os descartados?

Quais são as principais soluções para reduzir o lixo eletrônico?

Confira a seguir 6 formas de reduzir o lixo eletrônico:

1. Procure locais de descarte

A maioria das cidades possui algum local próprio para o descarte de eletrônicos, seja para reutilização ou para reaproveitamento de suas peças. Entre em contato com entidades com foco em reciclagem e informe-se sobre esta possibilidade.

Ao descartar os seus eletrônicos, certifique-se de que estejam limpos e sem nenhuma peça solta. Enrole fios em torno dos aparelhos, de modo que não se soltem nem quebrem. Assim, eles ficam melhor conservados para depois serem reaproveitados.

2. Doe para museus

Se você está descartando algum tipo de dispositivo muito antigo, pode ser que existam instituições interessadas em obtê-lo. Computadores e outros aparelhos de décadas passadas já podem ser considerados artigos de museu. Busque informações sobre este tipo de coleção em sua cidade ou estado e entre em contato para saber a melhor forma de doar. Em vez de simplesmente jogar fora, contribua para a cultura da sua região deixando os museus ainda mais completos.

3. Repasse para outros

Vai trocar de smartphone? Você não precisa jogar o antigo fora. Pergunte antes aos amigos e parentes se alguém está interessado em ficar com ele. Repassar os seus eletrônicos é uma maneira de livrá-los do descarte e de se tornarem lixo. Não conhece ninguém que precisa do seu dispositivo? Procure ONGs ou institutos que possam estar precisando de um ganho em sua estrutura de eletrônicos.

4. Devolva ao fabricante

Muitas empresas que fabricam gadgets como smartphones e tablets costumam aceitar de volta os aparelhos para darem a eles o devido descarte. Entre em contato com o fabricante do seu dispositivo e peça informações sobre esta possibilidade.

5. Venda o aparelho

Em vez de descartar o seu eletrônico que ainda está funcionando, por que não vendê-lo e gerar uma renda para você? O site Trocafone permite que os usuários vendam os seus smartphones e tablets com muita facilidade e sem gastar nada. Basta entrar no portal e selecionar exatamente o modelo do dispositivo. Depois, será necessário informar qual o estado de conservação ele está. O produto é enviado para a sede do site de forma gratuita e será analisado. Depois, o usuário recebe o pagamento, sem precisar esperar que ele seja vendido.

6. Compre menos

Saber as melhores formas de reduzir o lixo eletrônico é válido, mas é sempre positivo gerar cada vez menos deste tipo de entulho. Não é porque saiu o último modelo de smartphone que você precisa imediatamente substituir o seu. Sempre pense bem se você realmente precisa deste novo gadget ou se será apenas uma compra impulsiva. Repensar estes hábitos consumistas não só vão fazer a diferença para a quantidade de lixo eletrônico gerado como também significará uma boa economia da sua parte.

Ao dar o devido tratamento ao seu lixo eletrônico você contribui para a preservação do meio ambiente e também aproveita para tomar decisões muito mais econômicas para a sua vida.

Qual tipo de eletrônico você descarta com maior frequência? De que maneira você faz isso? Conte para nós nos comentários.