Todo mundo deseja o melhor, mais recente e mais inteligente smartphone. Mas quando mais de 5 bilhões de pessoas, cerca de dois terços da população global, têm um smartphone — e esse número não para de crescer –, percebemos que esse ciclo de consumo leva a uma vida útil mais curta de nossos dispositivos. 

Por um lado, telefones totalmente funcionais são substituídos e jogados fora. Por outro lado, as empresas de telefonia móvel não projetam dispositivos duráveis ​​ou fáceis de consertar. Como muito pouco é coletado e reciclado de maneira adequada, a quantidade de lixo eletrônico continua a crescer. 

Atualmente, mais de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico são produzidas anualmente em todo o mundo e menos de 16% são recicladas no setor formal. No Brasil, esse número cai para 3%. 

Ainda que seja difícil resistir à tentação de comprar o modelo mais novo da sua marca preferida, há quem prefira aproveitar um smartphone pelo máximo de tempo para proteger o meio ambiente, e a carteira, simplesmente cuidando para que seu smartphone dure muito.

O crescimento da consciência ambiental também tem aumentado a busca por produtos sustentáveis, como os smartphones recondicionados, que além de serem baratos, ajudam a proteger o meio ambiente. Agora, vamos entender como os telefones celulares recondicionados ajudam a salvar o meio ambiente.

Smartphones recondicionados reduzem o consumo de energia

Pense sobre o esforço, o tempo e os recursos humanos necessários para fabricar um dispositivo eletrônico. É algo difícil de se imaginar, ainda mais quando pensamos em quantidades industriais. De qualquer maneira, isso tem um impacto duradouro no consumo de recursos limitados que estão disponíveis no momento. No entanto, comprar um telefone recondicionado pode reduzir significativamente o consumo de energia que, de outra forma, iria para a fabricação de um novo dispositivo.

Recondicionar pode ser mais vantajoso do que reciclar

Embora o impacto da reciclagem no meio ambiente seja positivo, é preciso muito tempo e energia para reciclar produtos eletrônicos. Além do alto consumo de energia, a quantidade de resíduos gerados durante o processo de reciclagem é grande e demanda esforços específicos para cada componente. Na Trocafone, nós não apenas compramos e vendemos smartphones, mas também oferecemos uma alternativa para você se livrar de seu aparelho antigo de forma segura e ecologicamente correta. E ainda enviamos o excedente do processo de recondicionamento para empresas certificadas que se encarregam da reciclagem e logística reversa das partes que não puderam ser reaproveitadas. Saiba mais aqui. Porém, não é todo mundo que se compromete com essa prática, sem falar que muitas peças eletrônicas não podem ser recicladas, devendo ser destinadas corretamente para não causar impacto no meio ambiente. Portanto, usar um telefone recondicionado é uma forma de reutilizar e reduzir o lixo que geramos.

As matérias-primas podem desaparecer do planeta

Grande parte das matérias-primas usadas na fabricação de eletrônicos vem de recursos naturais difíceis de serem obtidos. Além disso, essas matérias-primas exigem extensa mineração e escavação na terra. O problema não para por aí: extrair recursos naturais para fabricar aparelhos eletrônicos aumenta a pegada de carbono gerada pelo transporte dos }materiais para as instalações de fabricação, sem falar nas práticas de mineração antiéticas, como condições de trabalho desumanas e trabalho infantil, implicações que podem ser evitadas ao escolhermos um produto recondicionado. A mineração desses materiais também gera altas emissões de carbono, pois geralmente é movida a petróleo, assim como o processo de fabricação de dispositivos eletrônicos, frequentemente feito na China, onde o carvão é uma fonte dominante de energia. Para saber mais sobre esse assunto, descubra aqui do que é feito seu smartphone e qual seu impacto no meio ambiente.

Recondicionados reduzem a pegada de carbono

Produzir um novo smartphone gera emissões de gases de efeito estufa. Quando fabricado, um smartphone produz até dez vezes mais emissões do que durante o resto de sua vida. A pegada de carbono gerada pela produção de um dispositivo eletrônico do zero é relativamente alta. Quando o produto chega ao mercado, já causou imensos danos ao meio ambiente direta e indiretamente. Ao eleger um telefone recondicionado, você está estendendo a vida útil do produto, evitando, assim, que um telefone que funciona bem acabe em um aterro sanitário. Reduzir a pegada de carbono é um passo essencial para um estilo de vida ecologicamente correto. Em outras palavras, usar um produto eletrônico que já teve uma vida antes de estar com você ajuda a “zerar” o impacto ambiental.

Smartphones recondicionados podem salvar o meio ambiente?

O que analisar antes de comprar um celular?

Antes de comprar, reflita:

Eu realmente preciso de um novo smartphone?

Antes de comprar um novo telefone, pergunte-se: eu realmente preciso de um novo aparelho ou isso é apenas algo que desejo? Lembre-se que a vida útil média atual de um smartphone é de cerca de 1 a 2 anos. Se todos reduzíssemos nosso consumo e mantivéssemos nossos telefones por mais tempo, isso teria um grande impacto na vida de todos. 

Eu posso usar meu smartphone por mais tempo?

Telefone lento, tela quebrada, sistema operacional que trava e botões que não respondem podem nos tirar do sério. No entanto, essas falhas não são motivo para você se livrar do smartphone. A vida útil dos dispositivos é, na verdade, muito mais longa do que você imagina e o reparo vale a pena financeiramente e ambientalmente. Conheça também o Clube Trocafone, nosso plano de proteção para seu aparelho, que garante que seu celular estará sempre protegido contra acidentes e defeitos.

Faça a diferença

Escolher smartphones recondicionados é uma maneira de ajudar a salvar o planeta. Ao estender a vida útil de um smartphone, você está ajudando a reduzir o desperdício ambiental e também o uso de matérias-primas finitas não sustentáveis. Muitos dos componentes eletrônicos usados ​​são raros, caros e tóxicos para o meio ambiente. Eles também podem levar centenas de anos para se decompor. Logo, cabe a nós, e apenas nós mesmos, fazer de tudo o que estiver ao nosso alcance para estender seu uso e dar nova vida aos smartphones, para mantê-los longe do lixo e proteger nosso planeta. Você viu como a missão da economia circular é simples? Experimente mudar!