Muitas vezes, ficamos com dificuldades para conectar a internet com nossos planos de dados. Mas existem outras opções disponíveis.

O desafio é rastreá-las. São locais de conexão chamados de Wifi Hotspot — pontos de acesso para se ligar à rede.

O Wifi Hotspot é um meio de conexão bastante conveniente. Geralmente, lembramo-nos dele nos momentos em que mais precisamos: quando a conexão da rede de dados se perdeu.

Como usar o Wifi Hotspot? Descubra como encontrar os seus pontos de acesso!

Como encontrar um Wifi Hotspot

O Wifi hotspot ajuda na economia do seu próprio plano. Até as operadoras gostam, já que essas conexões alternativas significam um alívio para a rede. Existem várias maneiras de se encontrar este tipo de conexão.

Há meios gratuitos sem restrições. Mas também há formas restritas disponibilizadas aos clientes de operadoras, bem como de uso exclusivo, fornecido por empresas específicas do ramo de Wifi Hotspot. A sua escolha parte das suas necessidades e da forma como os pontos são encontrados.

Onde

Geralmente, os Hotspots são descobertos em grandes cidades. Mas é claro, há pontos pelo interior do país. Basta rastrear para encontrá-los.

Encontrar Wifi Hotsposts em pontos gratuitos

Há vários apps ou locais na internet que disponibilizam os pontos de acesso. Alguns dos meios são sites, como o Mapa Wifi e o portal da Anatel.

Este último é um website governamental, por isso, tende a apresentar buscas bastantes amplas, com até 584.042 pontos. São 734 pontos públicos pagos, 3903 públicos gratuitos e 579.405 gratuitos/ pagos.

Também há aplicativos mobile que identificam pontos de Wifi Hotspot. Para iOS, existe o Mandic magiC e o WiFi Finder para Android. Ambos os apps são perfeitos para rastrear redes nos locais de interesse e são muito práticos também. Basta realizar os procedimentos de instalação, que já estão prontos para uso.

Descobrir Wifi Hotspot por meio das operadoras

As operadoras também disponibilizam pontos de acesso para seus clientes. Confira as disponibilidades:

  • Na Claro, o serviço está disponível aos clientes de Banda Larga acima de 2 GB e a todos os clientes com pacotes de dados acima de 500 MB;
  • A NET disponibiliza o seus pontos de Wifi Hotspot a todos os clientes de Virtua de velocidade acima de 5 Mb;
  • A OI permite o acesso a vários clientes;
  • A TIM disponibiliza seus pontos de Wifi Hotspot a todos os clientes de linha pré-paga ou pós-paga em qualquer plano de voz ou dados;
  • Para utilizar pela UOL é necessário ser cliente do plano Wifi da empresa;
  • Para utilizar o Wifi Hotspot pela Vivo é necessário ser cliente do plano de internet móvel ou do Speedy.

Como se percebe, existem várias formas de se conectar aos pontos de acesso. É um excelente parâmetro também para definir se o smartphone será de um ou dois chips.

Wifi Hotspot pago

Além dos serviços gratuitos e dos disponibilizados aos clientes pelas operadoras, também há os planos exclusivos pagos para esse tipo de prestação de serviço:

  • O Boingo tem cerca de um milhão de pontos em todo mundo. Seu plano inicial é de US$ 9,95 e permite a conexão de dois smartphones, sem taxa de roaming e de acesso facilitado;
  • O Skype é uma excelente alternativa para usuários de sistemas operacionais diversos. Serve para notebooks, tanto para Windows quanto para Mac e Linux (compatível com Ubuntu e outras distros baseadas em Debian) e mobile, com Android e iOS;

Como você pode perceber, as possibilidades com o Wifi Hotspot são várias. Cabem tranquilamente no bolso, já que os dispositivos necessários para sua utilização são exatamente os do dia a dia. Como o próprio smartphone/ notebook e os chips das operadoras.

Vai começar a utilizar Wifi Hotspot a partir de hoje? Aproveite para comentar no post!