Os próximos dispositivos da Samsung devem chegar com bateria de grafeno. Recentemente a empresa havia dito sobre o desenvolvimento, porém novos detalhes foram apresentados pelo Evan Blass. 

Conforme a informação indica que a companhia deve comercializar os dispositivos com o sistema no próximo ano. No perfil do Twitter, Evan falou que a novidade deve chegar em 2020 e até 2021:

“As baterias de íon-lítio não são o ideal. A Samsung acredita já ter o primeiro aparelho no próximo ano ou em 2021, me disseram, com bateria de grafeno no lugar. A capacidade de carregamento total é de menos de meia hora. Eles precisam ainda melhorar as capacidades e diminuir custo”, escreveu Blass.

O Blass é bastante conhecido por apresentar detalhes sobre o mercado e trazer informações, portanto é possível que a mensagem tenha credibilidade.

Dispositivos da Samsung podem chegar em 2020 com bateria de grafeno

De qualquer modo, o uso da bateria de grafeno poderia chegar como substituta dos compostos de lítio, presentes nas baterias atuais. Como consequência os dispositivos teriam uma carga mais rápida, além de maior durabilidade do componente.

Lembrando que a Samsung explora há vários anos a tecnologia, e em 2017 a empresa mostrou um substrato de grafeno que carregava cinco vezes mais rápido. 

Estas peças podem ter capacidade de 45% e gerar mais carga que uma bateria de íon-lítio. Isto é possível, pois o grafeno apresenta mais eletricidade. Mas o problema é no custo da produção.

A Samsung não apresentou qualquer informação nem confirmou sobre o smartphone com bateria de grafeno, ao contrário da informação do Blass. De qualquer modo é necessário aguardar qualquer novidade.

Mas fiquem ligados, se sair qualquer informação vamos atualizar o artigo. E vocês leitores o que acham desta tecnologia? Conta pra gente! Deixe um comentário! Aproveite e siga nossas redes sociais para ler todas as novidades do universo dos smartphones.