Você sabe o que é o IMEI do celular? Ele é um código super importante para garantir a confiabilidade do aparelho. Se você ainda não tem o e-mail do seu aparelho anotado em um lugar seguro, redobre sua atenção para ler este conteúdo.

Vamos mostrar, a seguir, o que é IMEI, para que serve o número e por que é fundamental guardá-lo em algum lugar fora do seu celular. Boa leitura! 

O que é IMEI e por que é importante anotá-lo

IMEI é a abreviação de International Mobile Equipment Identity, ou, em português, Identificação Internacional de Equipamento Móvel

Esse conjunto de números é único no mundo inteiro, assim como o nosso CPF ou nosso registro na carteira de identidade. Ele é formado por quatro grupos numéricos, separados da seguinte forma: xxxxxx-xx-xxxxxx-x, com cada “x” representando um número diferente.

Com esse código, é possível distinguir cada aparelho móvel e consultar sua regularidade. Através dele, o usuário consegue saber se houve fraude ou se existe qualquer tipo de irregularidade, já que, em caso de perda ou roubo, o código pode ser bloqueado.  

Nessas situações, não é apenas o número do telefone que é cancelado, mas, sim, todas as funcionalidades do aparelho, impedindo qualquer ação por parte de terceiro

Para fazer essa interrupção nos serviços, entre em contato com a sua operadora, informe o IMEI e siga as instruções do atendente. 

Pode ser que, por questões de segurança, seja necessário apresentar uma cópia do Boletim de Ocorrência, comprovando o registro do roubo do telefone. Se o celular for recuperado, você pode ligar novamente para a operadora, para que ela regularize a situação. 

O bloqueio pode evitar muitas dores de cabeça e, por isso, é fundamental anotar o IMEI do celular em um papel ou em algum lugar fora do aparelho assim que ele for retirado da caixa

Como consultar o IMEI pelo celular

Os usuários que comprarem um celular novo, diretamente na loja, podem ver o IMEI na caixa do aparelho e verificar se o número corresponde ao que está no adesivo que é colocado na bateria do dispositivo. Se não forem os mesmos, existem grandes chances de haver irregularidade. 

Além dessas, existem outras maneiras de conferir o código. Se você comprar um aparelho seminovo, que não vem na caixa original, basta digitar o seguinte comando, no discador do telefone: *#06# (asterisco, jogo da velha, zero, seis, jogo da velha). 

É possível também acessá-lo pelas configurações do celular. Apesar de seguirem a mesma ideia, as indicações para sistemas iOS e Android não são exatamente iguais. 

Pesquisar IMEI no iOS

Se você tem um iPhone e deseja encontrar o IMEI do celular pelo menu, siga o passo a passo:

  1. Clique em “Ajustes”, no menu do iPhone;
  2. Selecione o comando “Geral;
  3. Toque na opção “Sobre”;
  4. Encontre o IMEI, que fica disposto em meio a uma lista com outros dados do celular.

Quando conseguir visualizar o código, não esqueça de anotá-lo e guardá-lo em um lugar que você poderá acessar,  caso o aparelho seja roubado ou furtado. 

Pesquisar IMEI no Android

Em smartphones do sistema Android, como os da Samsung e da Motorola, é necessário buscar os controles:

  1. Entre em “Configurações”;
  2. Acesse o menu “Sobre o telefone”;
  3. Clique na opção “Status”;
  4. Se o IMEI não aparecer automaticamente, selecione “Informações do IMEI”.

Agora que você já sabe como encontrar o que é IMEI e como encontrá-lo no celular, veja como fazer para apurar se existe alguma irregularidade no aparelho. 

Como verificar a situação do IMEI

Com os progressos da tecnologia, infelizmente, também surgem novas formas de golpes. Uma delas é o pirateamento de aparelhos, prática que pode ser minimizada com a consulta ao possível bloqueio do IMEI. 

Para verificar a situação do celular, é necessário apenas ter o código do IMEI em mãos. De forma online e gratuita, você pode fazer uma pesquisa no “Consulta Celular Legal”, no site da Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel. Para acessar a página de consulta, clique aqui

Se a situação do smartphone estiver regular, aparecerá, na tela, uma mensagem informando que não há nenhum tipo de restrição para uso do celular com aquele IMEI.   

A Agência Nacional de Telecomunicações sempre reforça a importância de comprar smartphones com fornecedores confiáveis e nunca finalizar transações sem exigir nota fiscal.  

Além de guardar a nota fiscal do aparelho e o número do IMEI em um lugar de fácil acesso, siga outras medidas que ajudam a proteger seu celular e os dados que ficam armazenados nele. 

Instale um bom antivírus, faça backup frequente dos seus dados, baixe apenas aplicativos oficiais, não clique em links de origem desconhecida, ative a verificação em duas etapas e mantenha o sistema operacional sempre atualizado. Além deste texto sobre o que é IMEI, leia, também, o conteúdo do blog da Trocafone sobre 7 Dicas de segurança para celular e garanta a segurança das suas informações.

Comprar? Trocar? Vender? Com a Trocafone, você pode!